quarta-feira, 26 de novembro de 2014

III Feira literária 2014, em Água Nova/RN.


A equipe de voluntários do projeto "o contágio pela leitura" intensificou os preparativos para realização da Feira literária na cidade de Água Nova/RN. O evento que caminha para sua 3ª edição, será realizado na Escola Municipal Manoel Raimundo, na segunda-feira (01) e terça-feira (02).

Para edição de 2014, os escritores Edivan Silva, Cléo Bussato, Antônio Francisco e Maria Carlos; além dos músicos, Guga Murray e Amazan, confirmaram presença.

O Água Nova News parabeniza a iniciativa dos voluntários que, mesmo sem remuneração, promovem o encorajamento da leitura.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Dez anos depois, Apodi relembra a maior tragédia da história do município.

Por Josemário Alves / SOS Notícias do RN.


Ambulâncias, Viaturas policiais e desespero. Esta era a realidade dos apodienses no dia 25 de novembro de 2004. Uma quinta-feira que marcou a história do município e deixou marcas que nem o tempo pode apagar.

Há exatos dez anos atrás, acontecia a maior tragédia do Apodi. Uma imprudência no trânsito que levou à morte cinco estudantes e um professor, deixando ainda dezenas de feridos.O fato se deu quando um ônibus turístico intermunicipal colidiu lateralmente com outro ônibus superlotado de estudantes na BR – 405, principal via que corta a cidade. 
Odair, Melquezedeque e Anatália, vítimas fatais
A colisão dos veículos provocou o arremesso do estudante Melquezedeque Medeiros, de apenas 13 anos, para fora do veículo, que não resistiu e veio a óbito na hora. Socorridos aos hospitais regionais de Apodi e Mossoró, os estudantes Odair José, de 22 anos, Francinária de Castro, de 16,Erlana Rodrigues e Anatália Cristina, ambas com 13 anos, também não resistiram e morreram pouco tempo depois.

Segundo o professor IzauroVeira, que vivenciou o triste acontecimento, os primeiros socorros foram prestados por populares, e o cenário era de desespero total.
"Inicialmente, os socorros eram feitas pelas pessoas da comunidade que iam passando. Depois chegou ambulância, chegou a polícia, era um verdadeiro cenário de guerra, todo mundo levando gente ferida e ensaguentada", contou.

Vários estudantes ficaram presos às ferragens e foram resgatadas pela polícia e por civis que não mediram esforços num só objetivo: salvar vidas. Apesar do empenho da população, cinco dias depois, morreu em um dos leitos do Hospital Regional Tarcísio Maia em Mossoró, o professor Antônio Dantas, que também utilizava o veículo coletivo para se deslocar até a Escola Estadual Zenilda Gama, onde trabalhava, concretizando assim, seis vítimas fatais.
Antônio Dantas era colega de banco do professor Veira, que por pouco não foi vítima do acidente. Veira pegou uma carona minutos antes do ônibus passar no seu ponto de parada, fato este que ele considera um milagre.

"Eu era caroneiro do ônibus, eu ia junto com o professor Antônio Dantas todos os dias ali nos primeiros bancos, onde houve o impacto maior durante o acidente. O fato deu não ter pegado o ônibus naquele dia, eu não sei explicar, são os designos da vida. Eu acho que, não tem explicação, Deus achou que não era o meu momento", disse Veira emocionado.
O relatório da Polícia Rodoviária Federal apontou que o motorista do veículo estudantil, identificado como João Batista Sobrinho, foi o culpado pelo acidente. No contorno, onde ele deveria ter parado, preferiu avançar para o outro lado, sendo atingido brutalmente.
João Batista, o motorista
Em depoimento à polícia, o motorista alegou que ia devagar e que não viu o outro ônibus. O então delegado de Polícia Civil da cidade, Francisco Edivan, lavrou o flagrante contra João Batista, e o responsabilizou pelas mortes.

Procurada pela reportagem do Portal SOS Notícias do RN, a atual vice-diretora da escola, Eleuza Moreira, se emocionou ao falar da morte dos cincos alunos e do professor.
"Não é fácil pra gente relembrar, principalmente por que, no momento, faleceram cincos alunos da escola, sem contar com um monte de pessoas que ficaram feridas, e Antônio Dantas, que era um professor muito querido por todos nós", relatou.

Em virtude dos dez anos do grave acidente e da perda dos seis componentes da comunidade acadêmica, a Escola Estadual Zenilda Gama realizará uma celebração em memória das vítimas.

"Não só este ano por está comemorando dez anos de uma tragédia que comoveu todos nós, mas todos os anos nós fazemos uma celebração, seja ecumênico ou, pelo menos, um momento religioso. Nesta a terça a tarde iremos reunir a Pastoral do Idoso, o pastor Wellington que também professor da escola. É uma honra pra todos nós convidar principalmente os familiares das vítimas para marcarem presença às 16h aqui na escola. Será um momento simples, mas terá a principal pessoal que devemos ter em todos os momentos de nossas vidas, que é Jesus", concluiu Eleuza.
   
Após o acidente que marcou o dia 25 de novembro, a rodovia foi duplicada e ganhou, além de outras coisas, lombadas físicas que obrigam aos motoristas, a redução da velocidade. O dia também é lembrado pelos apodienses como um dia de luto em respeito a todos os envolvidos neste trágico acontecimento.
Confira o álbum:
Agradecimentos:
Jornal Gazeta do Oeste
Jornal Tribuna do Norte
Jornal O Mossoroense
Jornal Defato
Prof. Izauro Veira / E.E.P.M.Z.G.T.
Eleuza Moreira / E.E.P.M.Z.G.T.

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

EXAME DA OAB REPROVA 82,5% DOS CANDIDATOS INSCRITOS EM QUATRO ANOS.

 O Exame de Ordem da OAB (Ordem de Advogados do Brasil) reprovou 8 a cada 10 candidatos inscritos desde 2010. A taxa de reprovação é de 82,5%, segundo estudo feito pela FGV Projetos, atual responsável pela organização do exame.

O levantamento mostra ainda que, a fim de obter a carteira que permite pleno exercício da profissão, os bacharéis em Direito chegam a se inscrever 12 vezes para fazer a prova.

O estudo usou dados de candidatos do 2° exame de ordem unificado, aplicado em 2010, ao 13°, aplicado no primeiro semestre de 2014. Nos 12 exames, houve 1.340.560 inscrições – apenas 234,3 mil candidatos foram aprovados.

Para cada exame, a taxa de aprovação variou entre 11,4% (9° Exame) e 28,1% (10° Exame). Segundo o estudo, a variação reflete diferenças no conteúdo e no grau de dificuldade da prova, e também na qualidade de formação dos estudantes. "Depois que o exame foi unificado o que aconteceu foi o aprimoramento na elaboração das provas e o consequente incremento do nível de exigência", afirma João Aguirre, coordenador dos cursos para exame da OAB da LFG.

O estudo aponta que do total de 1,3 milhão de inscritos, a maior parte das candidaturas era de pessoas que refaziam a prova. Ao longo dos quatro anos, 487 mil fizeram as provas do exame, muitas mais de uma vez.
Nesse período, 132,6 mil candidatos fizeram a prova mais de quatro vezes. Desses, 2.094 candidatos fizeram o exame 12 vezes.

Formada em Direito em uma universidade privada de Fortaleza em 2008, Emanuela Reis, de 28 anos, faz parte dessa estatística. Desde 2009, ela repetiu as provas do exame sete vezes. "Ainda não passei e já estou quase desistindo. É muito difícil passar, a cada prova fica mais difícil. Parece que eles pioram para ganhar mais dinheiro. Os enunciados de algumas questões são dúbios, assim como tem questão com mais de um item correto", diz.

A bacharel estima já ter gastado cerca de R$ 1 mil com as inscrições no exame.
Emanuela conta que já tentou encontrar emprego como advogada júnior, mas, sem a carteira da OAB, não consegue a vaga. Enquanto isso, vende doces e salgados para obter alguma renda.
Brasil tem 1.158 cursos de Direito

A grande taxa de reprovação dos estudantes e bacharéis nos exames da OAB faz parte de um contexto em que 1 em cada 10 matriculados no ensino superior no País cursa Direito. Em 2013, os matriculados no curso somavam 769.889 alunos, segundo dados do Censo da Educação Superior.

Em 2012, eram 1.158 cursos, quase o dobro do número de cursos abertos em 2002 (599).
Diante dessa realidade, o Ministério da Educação (MEC) suspendeu a abertura de novos cursos em 2013 até a criação de novas regras para expansão e regulação da rede, que seriam feitas em parceria com a OAB.

O então ministro da Educação, Aloizio Mercadante, chegou a dizer que os cursos teriam de exigir estágio obrigatório. "Precisamos ter mais critérios para expansão dos cursos de Direito e uma das exigências que nós vamos fazer, entre outras, é o estágio obrigatório. Ele [estudante] tem de ter um campo de prática antes de se formar", disse à época.

Segundo o iG apurou, em abril o Conselho Federal da OAB participou de reunião com o MEC para debater o texto final do Marco Regulatório do Ensino Jurídico no País. A proposta elaborada está em estudo na Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior e, depois de aprovada, deve passar ainda pelo Conselho Nacional de Educação. Não há previsão para publicação.

Procurado, o MEC não respondeu o número de pedidos de abertura de novos cursos de Direito recebidos desde 2013. Até a publicação desta notícia, a OAB não respondeu aos questionamentos da reportagem.

Fonte: Cristiane Capuchinho/http://ultimosegundo.ig.com.br/

domingo, 23 de novembro de 2014

Estudante de Bom Sucesso morre afogado na zona rural de Brejo dos Santos/PB.

Uma tragédia abalou a região de Catolé do Rocha, no final da tarde deste sábado (22). O jovem estudante, natural de Bom Sucesso, morreu afogado em um açude da região.
O sinistro aconteceu na comunidade Olho D’Aguinha, localizado na divisa entre os dois municípios, e a vítima identificada por Sidney Alves, de 19 anos, que era estudante do Colégio Municipal Padre Aristides, de Bom Sucesso, se afogou em um açude situado na propriedade rural de Alfredo Neto, conhecido por Neto de Chiquinho, no município de Brejo dos Santos/RN.


Segundo relato dos colegas da vítima, que também estava no açude, Sidney nadava de uma margem a outra do reservatório, quando de repente cansou, e começou a se afogar. Os colegas ainda tentaram salvar o jovem mais não obtiveram êxito.


O SAMU e o Corpo de Bombeiros de Catolé do Rocha, juntamente com policiais do Destacamento de Bom Sucesso foram chamados ao local, para resgatar o corpo do jovem.

Imagens:



*Blog Nosso Paraná/RN, com informações e fotos A Notícia de Bom Sucesso/PB.

sábado, 22 de novembro de 2014

Água Nova/RN está na lista dos 5.041 municípios que foram premiados com mais recursos do PMAQ para melhoria do atendimento no SUS.

A população de 5.041 municípios brasileiros, incluindo Água Nova/RN, será beneficiada com a melhoria do atendimento nas unidades de saúde. A lista das cidades que vão receber os recursos adicionais pelo Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ), foi publicada nesta quinta-feira,20, pelo Ministério da Saúde.

O incentivo faz parte do processo de modernização da gestão da saúde do Governo Federal, com adoção de novos padrões e indicadores de qualidade, estimulando tanto a autoavaliação das equipes como a oportunidade de aprimoramento do cuidado. Ao todo, serão repassados R$ 1,6 bilhão referentes à certificação de 29.598 equipes de atenção básica e 19.050 equipes de Saúde Bucal.

Das equipes de atenção básica avaliadas, cerca de 50% (14.288) atingiram resultado acima da média ou muito acima da média. Quanto à saúde bucal, 44% (8.492) das equipes tiveram avaliação acima da média. As equipes de Atenção Básica que recebem conceito muito acima da média recebem adicional de R$ 8,5 mil por mês; acima da média passa a ter um aditivo de R$ 5,1 mil. As demais avaliações ganham um complemento de R$ 1,7 mil. Para as equipes de saúde bucal os valores são, respectivamente, R$ 2,5 mil, R$ 1,5 mil e R$ 500.

O processo de certificação, que determinou o volume de recursos a serem transferidos aos municípios, é realizado pelo Ministério da Saúde com o apoio de 49 Instituições de Ensino e Pesquisa de todas as regiões do país. A avaliação é composta por três partes: uso de instrumentos autoavaliativos - o que corresponde 10% da avaliação; desempenho em resultados do monitoramento dos 24 indicadores de saúde firmados no momento da adesão do Programa - responsável por 20% da avaliação; e desempenho nos padrões de qualidade verificados in loco por avaliadores externos, que corresponde a 70% da nota de avaliação.

O objetivo do PMAQ é garantir um alto nível de atendimento por meio de um conjunto de estratégias de qualificação, acompanhamento e avaliação do trabalho das equipes de saúde. Este ano, o programa foi ampliado para todas as equipes de Atenção Básica, incluindo os Núcleos de Atenção à Saúde da Família (NASF) e avançando na atenção especializada contemplando os Centros de Especialidades Odontológicas (CEO), que antes não faziam parte do programa. Desde 2011, quando foi lançado, o PMAQ já repassou aos municípios mais de R$ 5,2 bilhões em recursos. Ao todo, o investimento em atenção básica aumentou em 106% nos últimos quatro anos. Só em 2014 serão aproximadamente R$ 20 bilhões.

Para avaliação das equipes que aderiram ao segundo ciclo do PMAQ, também foi considerada a opinião dos usuários do SUS. Ao todo, foram aplicados questionários, entre novembro de 2013 e maio de 2014, a mais 115 mil brasileiros de todos os estados sobre o atendimento prestado pelas equipes de atenção básica.

Entre as 23.944 UBS avaliadas, mais de 70% das UBS divulgam para os cidadãos as ações e ofertas de serviços das equipes e mais de 90% das equipes ofertam consultas voltadas para o pré-natal, atendimento a crianças, e a agravos como hipertensão arterial e diabetes mellitus. Em relação à saúde bucal, mais de 80% das equipes de saúde bucal ofertam consultas para crianças de até 5 anos e ofertam ações de prevenção e detecção de câncer de boca.

Para 64% dos usuários entrevistados, as instalações das UBS são “boa” ou “muito boas”. Em relação ao atendimento, mais de 80% consideram o cuidado recebido pela equipe como “bom” ou “muito bom” e ainda recomendariam a unidade de saúde a um amigo ou familiar. O PMAQ revelou ainda que 57% das unidades de saúde têm acesso à internet e, entre elas, 78% a banda larga funciona de maneira contínua.

O Ministério da Saúde também está investindo na ampliação do Plano Nacional de Banda Larga nas Unidades Básicas de Saúde. O projeto oferece gratuitamente conexão à internet - por via terrestre e satélite - a telecentros, escolas, unidades de saúde, aldeias indígenas, postos de fronteira e quilombos. Desde o início do projeto, 1.660 UBS já tiveram o ponto de banda larga instalado em 769 municípios e 23 estados.

A previsão é chegar até agosto de 2015 a 12.251 unidades básicas de saúde com acesso rápido à internet em suas sedes. As UBS contempladas nesta primeira etapa são aquelas que tiveram equipes certificadas no 1º ciclo do PMAQ. A conectividade à internet apoia a implantação do sistema com Prontuário Eletrônico de Saúde (PEC) no SUS, melhorando o acompanhamento das ações de saúde por meio da integração automatizada aos sistemas de informação que apoiam as Redes de Atenção.
Fonte: Agência Saúde

Geração de valor: Lições para quem já experimenta o sucesso.

Alguns reis da antiguidade designavam uma pessoa cuja única função era lembrá-los algumas vezes por dia de que eles não eram deuses.

O maior desafio para lidar com o poder e o sucesso, seja ele político ou econômico, é manter-se sóbrio, ciente de sua responsabilidade e, principalmente, de que entre o que tem o cetro nas mãos (símbolo do poder) e o mais simples “súdito” do reino, que tem nas mãos uma vassoura, não há diferença alguma.

Não são poucos os registros na história daqueles que caíram nessa armadilha e se entorpeceram pelo poder, pela fama ou pelo dinheiro. Gente que perdeu seu fundamento, deixou de lado sua essência e naufragou iludido pela miragem provocada de si mesmo por causa da notoriedade que deteve por um tempo.

Sem exceção, qualquer ser humano que perde sua essência, um dia, diante da ressaca da realidade, experimenta momentos de depressão em sua velhice, durante o reencontro compulsório com sua humanidade, diante de um leito de morte. Ali, fica muito claro que todos nós somos iguais e sem escapatória.

Por outro lado, aqueles que mantêm viva a essência e não se iludem com sua condição temporária em sua breve existência, não somente vão desfrutar de suas conquistas ao lado das pessoas que amam como terão uma grande chance de passarem ilesos pelo poder e chegar ao final de suas vidas com um senso de missão cumprida.
*Geração de Valor.

Pau dos Ferros: Após ser agredido, conselheiro tutelar mostra ferimento e desabafa.

Após ser agredido, o conselheiro tutelar, Jeferson Carlos Tavares, desabafou nesta sexta-feira (21) em sua conta no facebook e mostrou hematomas no rosto. "tentei segurar a criança e socorrer a assistente social; porém, fui surpreendido com os familiares raivosos e agressivos me dando chutes, socos e me atingindo na testa com um objeto cortante, chegando a abrir um ferimento", escreveu Jeferson.

Ainda de acordo com informações repassadas pela vítima, após o incidente, o mesmo procurou a 4ª DRPC e registrou o boletim de ocorrência. "Após as agressões, foi feito todo o procedimento na 4ª DRPC de PAU DOS FERROS/RN. E aqui agradeço ao Dr. Inácio pelo brilhantismo, profissionalismo e dedicação que tem direcionado a segurança da nossa cidade", disse.



Abaixo, confira na integra o desabafo completo de Jeferson Tavares:

"Meus nobres amigos, vivemos em uma sociedade cada vez mais distante daquela ideal, das nossas utopias, para se viver. É visto por todos a que nível de criminalidade estamos chegando, a que ponto os nossos jovens, crianças e adolescentes estão chegando. Do Oiapoque ao Chuí, nos rincões do nosso Brasil, a violência, a droga, a criminalidade e tantas outras patologias sociais estão encruadas nas artérias da sociedade.
 

As instituições, pensadas e idealizadas para prevenir, remedir e punir, estão ficando obsoletas diante da evolução das mazelas sociais. A instituição primeira, a que precisa ser revista de forma imediata, ela que rege nossas ações na sociedade, a nossa CARTA MAGNA, a CONSTITUIÇÃO, precisa se encontrar com os problemas da modernidade, com as novas patologias sociais, diferenciar de forma objetiva e concreta quem é cidadão e criminoso, quem, de fato, pode viver em sociedade e aqueles que absolutamente representa um risco a sobrevivência da mesma. Dessa forma, as intuições e leis infraconstitucionais serão atualizadas e adequadas à modernidade.
 

Sou membro do CONSELHO TUTELAR DE PAU DOS FERROS/RN. E aqui abro um parêntese para fazer citação feita por muitos que não conhece o trabalho do CONSELHEIRO TUTELAR e suas ATRIBUIÇÕES, muitos dizem: “o Conselho Tutelar não servi para nada; é um meio de vida”. Até entendo a indignação e em que situação as pessoas dizem isso, ademais, o maior problema é que algumas pessoas não procuram, não buscam conhecimento para entender determinado órgão, para assim ter direito de criticar e julgar as ações do conselho tutelar. Não posso concordar com essa afirmação por muitos motivos que me fundamentam; PRIMEIRO: o CONSELHO TUTELAR é o primeiro a ser procurado quando os pais, irresponsavelmente, dizem não poder mais com o SEU FILHO REBELDE; SEGUNDO: O CONSELHO TUTELAR é o primeiro a ser procurado quando acontece abuso, exploração ou qualquer tipo de violência sexual contra menor; TERCEIRO: o CONSELHO TUTELAR é sempre procurado por outros órgãos, instituições, escolas e etc. para firmar parcerias e auxiliar em situações adversas. Assim sendo, pior seria SEM O CONSELHO TUTELAR.
 

Hoje, sexta-feira, depois de recebermos uma denúncia no CT de que uma criança de 12 anos estava aterrorizando um bairro da cidade, e que, essa mesma criança, já havia furtado uma moto e sua última prática infracional, em companhia de outro menor, foi o de ter roubado uma residência em nossa cidade, chegando até mesmo de deixar um casal de idoso sob ameaça e subtraindo dessa casa entorno de 20 mil reais; nos dirigimos até o local com o objetivo de tentar ajudar essa criança, vítima e fruto do reflexo do mau comportamento social de seus pais. No entanto, não fomos bem recebidos, a criança chegou a nos ameaçar e nos intimidar com pedras. Daí, retiramo-nos e procuramos ajuda com a equipe do CREAS, que de pronto veio nos ajudar.
 

A equipe do CREAS, que no momento era formada por uma PSICÓLOGA E ASSISTENTE SOCIAL tentou conversar com a criança que de imediato usou de violência e agressão para com as mesmas, chegando até mesmo a dar chutes e socos na assistente social. Nesse momento tentei segurar a criança e socorrer a assistente social; porém, fui surpreendido com os familiares raivosos e agressivos me dando chutes, socos e me atingindo na testa com um objeto cortante, chegando a abrir um ferimento.
 

Após as agressões, foi feito todo o procedimento na 4ª DRPC de PAU DOS FERROS/RN. E aqui agradeço ao Dr. Inácio pelo brilhantismo, profissionalismo e dedicação que tem direcionado a segurança da nossa cidade; e que, por uma vez ou outra é cobrado por alguns da sociedade que, julgando mal, dizem que a polícia não faz nada. Mas ledo engano, as policias fazem muito com pouco, chegando até mesmo a promoverem o milagre da multiplicação, haja vista não terem os investimentos necessários para o bom desempenho das investigações, aparato necessário para o bom desempenho das atividades. Enfim, o desgoverno, a falta de investimento na segurança pública, e uma sociedade acomodada e alienada com esta situação são os componentes responsáveis por um futuro caos social o qual já começamos a vivenciar seu início.
 

Em termos de prestação de conta, informo que de segunda a sexta-feira o CONSELHO TUTELAR encontra-se em pleno funcionamento em horário ininterrupto, ou seja aberto o dia todo, até as 17 horas. Todos os dias realizamos visitas, emitimos certidões de nascimento, requisitamos serviços seja na área da educação, saúde, social e etc. E nos fins de semana sempre há um CONSELHEIRO DE PLANTÃO POR MEIO DO TELEFONE CELULAR PARA ATENDER A POPULAÇÃO (84 9839-1070. Então, fazemos, e fazemos muito, ao ponto de eu te dizer, nobre amigo, que ganhamos muito pouco (R$ 724 reais, “com descontos ao INSS”), para dá a nossa cara a bater, para corremos risco de morte, de não termos horário certo para dormir, e ainda, de modo humilhante e constrangedor, ter que ouvir de algumas pessoas sem (in)formação de não fazermos nada.
 

Por fim, agradeço o espaço. E que DEUS abençoe as nossas crianças, elas são o nosso futuro, que DEUS abençoe o Brasil! EU AINDA NÃO PERDI A ESPERANÇA! "

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

O Globo: Nasa prevê que planeta está à beira do colapso.


Crescimento previsto do consumo fará com que sejam necessários cinco planetas para abastecer a população
Foto: AFP 





Impérios como Roma e Mesopotâmia entre tantos outros, espalharam-se por territórios imensos, criaram culturas sofisticadas e instituições complexas que influenciaram cada aspecto do cotidiano de seus habitantes — até, séculos depois, e por diversas razões, sucumbirem. A civilização ocidental segue o mesmo caminho e está a um salto do abismo, segundo um estudo divulgado ontem pela Nasa. As raízes do colapso são o crescimento da população e as mudanças climáticas.

O estudo foi baseado em um modelo desenvolvido por um matemático da Universidade de Maryland. Safa Motesharrei analisou ciências ambientais e sociais e concluiu que a modernidade não vai livrar o homem do caos. Segundo ele, “o processo de ascensão-e-colapso é, na verdade, um ciclo recorrente encontrado em toda a História”.

“A queda do Império Romano, e também (entre outros) dos impérios Han, Máuria e Gupta, assim como tantos impérios mesopotâmios, são testemunhos do fato de que civilizações baseadas em uma cultura avançada, sofisticada, complexa e criativa também podem ser frágeis e inconstantes”, escreveu em seu estudo, financiado pelo Goddard Space Flight Center, da Nasa.

Motesharrei lista os ingredientes para o fim do mundo. O colapso pode vir da falta de controle de aspectos básicos que regem uma civilização, como a população, o clima, o estado das culturas agrícolas e a disponibilidade de água e energia. O Observatório da Nasa já constatou diversas vezes a multiplicação de eventos climáticos extremos, como o frio intenso do último inverno na América do Norte e o calor que, nos últimos meses, afligiu a Austrália e a América do Sul. Seus estragos paralisam setores vitais para o funcionamento da sociedade.

A economia também desempenha um papel importante. Quanto maior for a diferença entre ricos e pobres, maiores as chances de um desastre. Segundo a pesquisa, a desigualdade entre as classes sociais pauta o fim de impérios há mais de cinco mil anos.

Com o desenvolvimento tecnológico, agricultura e indústria registraram um aumento de produtividade nos últimos 200 anos. Ao mesmo tempo, porém, contribuíram para que a demanda crescesse de um modo quase incessante. Hoje, se todos adotassem o estilo de vida dos americanos, seriam necessários cinco planetas para atender as necessidades da população. Por isso, segundo Motesharrei e sua equipe, “achamos difícil evitar o colapso”.

A pesquisa da Nasa, no entanto, ressalta que o fim da civilização ainda pode ser evitado, desde que ela passe por grandes modificações. As principais são controlar a taxa de crescimento populacional e diminuir a dependência por recursos naturais — além disso, estes bens deveriam ser distribuídos de um modo mais igualitário.

No documento, a agência lida mais com análises teóricas. Outros estudos mostram como crises no clima ou em setores como o energético podem criar uma convulsão social.

Ignorância sobre o clima

Outra pesquisa, divulgada ontem pela Associação Americana para o Avanço da Ciência, faz uma espécie de cartilha para os principais debates sobre as mudanças climáticas.

Professor da Universidade da Califórnia, Mario Molina (vencedor do Nobel por ter descoberto a camada de ozônio) destaca que, devido às emissões de carbono, o clima é, hoje, mais imprevisível do que há milhões de anos. Molina alerta que os gases-estufa ficarão na atmosfera por mais de uma geração e que, por isso, é preciso tomar ações urgentes para reduz a emissão de gases-estufa.

Mesmo rodeado por fenômenos rigorosos, como nevascas e furacões, apenas 42% dos americanos acreditavam, em 2013, que a maioria dos cientistas estava convencido do aquecimento global. Molina ressalta que 97% da comunidade científica está certa da influência do homem. O relatório conclui que faltam informações básicas para a sociedade entender como é grave o momento atual.
Fonte: O Globo.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Superação, esperança e acolhimento.

Entre as ilustres personalidades que prestigiaram a sessão solene do Jubileu de Prata do Templo da Boa Vontade, TBV, em 8/11, estava o professor doutor Jair de Carvalho e Castro, chefe do Serviço de Otorrinolaringologia, da 2ª Enfermaria da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro.

Ao falar às mais de 100 mil pessoas que participaram dos 25 anos do Templo do Ecumenismo Divino, ele ressaltou o modelo de superação da escritora e conferencista norte-americana Helen Keller (1880-1968), que viu representada no Painel “A Evolução da Humanidade”, do Salão Nobre do TBV: “Eu, como médico, observei a figura de uma mulher americana que ficou cega e surda. Ela conseguiu ser uma grande ativista, a primeira pessoa a defender os direitos dos pacientes com deficiência física. É isso aí! Então, é exemplo para todo o mundo até hoje”.

Na sequência, o competente clínico nos transmitiu uma esperançosa informação: “Hoje, temos a felicidade de poder dizer, por exemplo, na minha área de atuação, que é a otorrinolaringologia, que ninguém precisa mais ficar surdo. Temos 99% de chance de trazer a audição para as pessoas. A audição é que coloca o ser humano em contato com outros. Temos a televisão, o rádio, mas é o som, é a voz humana que leva o carinho e leva a emoção para todos. Estou muito honrado, emocionado de conhecer esse trabalho. O Templo se destaca, se levanta acima do Planalto e abençoa os que aqui vêm do Brasil e do mundo”.

E prosseguiu: “Queria agradecer primeiro a vocês, legionários, porque sozinho ninguém faz nada. Se o presidente Paiva Netto construiu uma obra é porque se cercou de boas pessoas e de pessoas como vocês, que são o maior patrimônio da LBV”.

Exato! Não há estrutura — seja ela espiritual, material, social — que se torne expressiva sem o decisivo apoio de seres humanos e espirituais de Boa Vontade. Um país só realmente progride com a multiplicação dos bons caracteres e a capacidade realizadora de seu povo.

O dr. Jair teve ainda a gentileza de me encaminhar uma correspondência sobre sua estada no TBV, da qual compartilho com Vocês alguns trechos: “A viagem a Brasília foi um grande e maravilhoso momento, no qual pude observar que aqueles que têm o coração e a mente voltados para o bem comum e a felicidade adquirem uma Força Celestial. E esta se transforma em energia renovadora, que se expande para todas as partes deste nosso grande Brasil e além de nossas fronteiras, levando a palavra e Jesus para aqueles que Nele creem, acolhendo outras religiões e os que dizem que não têm nenhuma crença (a meu ver é uma forma de crença também).

“Agradeço a acolhida e a oportunidade de estar em um evento ímpar e da maior importância social e de acolhimento a uma multidão maior do que a maioria de nossas cidades; um encontro transmitido por quase 2 mil emissoras de rádio, TV e internet para o Brasil e vários outros países. (...)

“Forte abraço do amigo e admirador, Jair de Carvalho e Castro”.

 Ao amigo professor doutor Jair, o meu agradecimento e o fraterno abraço dos legionários da Boa Vontade.


José de Paiva Netto — Jornalista, radialista e escritor.

Receba novidades pelo Facebook

Matérias Mais Acessadas

Rede Oeste Supermercados - Agora de Segunda a Sábado

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Desenvolvido por Elton Carvalho.