segunda-feira, 25 de maio de 2015

Segurança infantojuvenil

Abuso e exploração sexual infantojuvenil. Assuntos que não podem ser ignorados. Problemas de magnitude global que exigem alerta constante de todos nós, principalmente dos pais e dos governos. Nada melhor que procurarmos caminhos eficientes em prol da assistência aos pequeninos. 

Os Jogos Olímpicos, tendo o Brasil como sede em 2016, trarão ao país um enorme fluxo de turistas, algo providencial para a movimentação do comércio e de outros setores de serviço. Contudo, potencializa ainda mais a vulnerabilidade de crianças e jovens no que diz respeito à exploração sexual.

Juntamos nossos esforços aos de numerosas organizações do Terceiro Setor e aos do próprio governo no combate a essa terrível violência. 

A Boa Vontade TV (canal 20 da SKY), no programa Sociedade Solidária, trouxe elucidativa entrevista com a professora Dalka Chaves de Almeida Ferrari, membro da diretoria do Instituto Sedes Sapientiae, de São Paulo/SP, e coordenadora-geral do Centro de Referência às Vítimas de Violência (CNRVV). 

A segurança das crianças e dos jovens, segundo a professora Dalka, carece de uma mobilização geral: “Trata-se de trabalho contínuo que merece uma atenção constante da política pública para fazer esse enfrentamento. E hoje são necessárias a capacitação e a sensibilização dos hotéis, com seus gerentes e todo o corpo de trabalho, dos taxistas, do pessoal da rodoviária, dos ônibus, dos aeroportos. Se for pensar em política, todos os ministérios teriam que ser capacitados para fazer esse enfrentamento”.

Quebrar o pacto do silêncio

Durante sua conversa com o sociólogo Daniel Guimarães, apresentador do Sociedade Solidária, a professora Dalka Ferrari enfatizou também a imprescindível providência de proteção da criança dos abusos sexuais nos ambientes doméstico e social: “Quebrar o pacto do silêncio, conseguir falar desse assunto, porque ainda é muito velado, é meio tabu dentro da sociedade. Se a gente tiver jovens esclarecidos, conscientizados, sensibilizados sobre os cuidados que têm que ter com o próprio corpo, os limites que são dados, eles se sentirão bem e não deixarão que esse corpo seja invadido. Então, é quase que uma reeducação do autoconhecimento. A pessoa tem que se conhecer, saber exatamente o que ela quer para sua vida, os riscos que pode correr com os envolvimentos”. (...)

E prossegue, enfática: “Isso tudo é algo que precisa ser discutido, porque, se a gente não conscientizar, desde a criança, o adolescente, o jovem até os pais, os educadores, que cuidam dessa criança e desse adolescente todo dia, a gente não vai fazer esse problema vir à tona. As pessoas têm vergonha de falar, não querem enfrentá-lo. E, à medida que o jovem ficar autônomo, sabendo como se defender, ele poderá ajudar outro jovem, poderá ser um multiplicador desses conhecimentos”.

Psicóloga, especialista em violência doméstica, ela reforça: “Então, o objetivo maior de tudo isso é fazer com que eles conheçam (...) quais são as situações perigosas em que podem se envolver, ou em que precisam se defender dentro e fora da família. Porque é assim: a proteção dos pais existe por um tempo, mas há uma hora que vai depender da criança e do jovem fugirem, saírem ou pedirem ajuda por causa do risco que estão enfrentando”.

Estamos tratando de tema realmente complexo e que deve ser salientado e discutido na mídia, em casa, nas igrejas, nas escolas, nas universidades, no trabalho, em toda parte, de modo a ampliarmos a guarda em torno da infância e da juventude. E tenhamos em nossas agendas o Disque 100 (Disque Direitos Humanos), para fazer denúncias, procurar ajuda.

José de Paiva Netto, jornalista, radialista e escritor.

Avião com família de Luciano Huck e Angélica faz pouso de emergência no MS




Um avião que transportava a família de Luciano Huck e Angélica fez um pouso forçado em uma área de pastagem, em Rochedo, nas proximidades na rodovia MS-080, na manhã deste domingo (24).

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, não houve vítimas graves entre as nove pessoas que estavam na aeronave. Os ocupantes foram levados em veículos particulares para Santa Casa de Campo Grande.

Apenas o copiloto da aeronave foi resgatado pelo helicóptero do Esquadrão Pelicano que também compareceu para prestar auxílio às vítimas.


As fichas de entrada no hospital foram divulgadas na web Reprodução/Twitter

Além de Huck e Angélica, estavam no avião os três filhos do casal, duas babás, o piloto e o copiloto. Segundo informações, o avião saiu de Miranda, onde Angélica gravou cenas para um programa de televisão.

A aeronave, modelo 820 C (EMB-820C Caraja), pousaria no Aeroporto Internacional de Campo Grande de onde a família seguiria viagem. A Torre de Controle em Campo Grande teria sido avisada pelo piloto sobre uma pane e a necessidade do pouso forçado. A manobra teria sido efetuada devido a um problema no tanque de combustível do avião.

A direção da Santa Casa informou que o casal ainda passam por exames para avaliar possíveis traumas. Exames avaliam suspeita de fratura na bacia da apresentadora e de um vértebra de Huck, que, até as 15h, não havia sido confirmada. Benício, filho do meio do casal, sofreu um corte no rosto. Os demais ocupantes passam bem. Segundo a direção do hospital, a família avalia a possibilidade de transferência para São Paulo.

De acordo com a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), o avião de prefixo PT-ENM é da empresa Mato Grosso do Sul Táxi Aéreo e foi fabricado pela Embraer. A aeronave está em situação de navegabilidade normal.

Segundo informações da Aeronáutica, o avião, do modelo Embraer 820C, decolou da Estância Caiman, reserva do Pantanal, no município de Miranda, e seguiria para Campo Grande, num trajeto de cerca de 230 quilômetros. Por volta das 11 horas, o piloto informou aos controladores de voo uma falha no equipamento e avisou que faria um pouso de emergência.

A aeronave aterrissou em uma fazenda próxima à rodovia MS-080, a 30 quilômetros de Campo Grande. Logo depois do pouso, um helicóptero da FAB (Força Aérea Brasileira) saiu da base de Campo Grande e seguiu até o local para prestar os primeiros socorros.

Segundo informações consultadas no site da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), a aeronave, com matrícula PTENM, estava com a certificação em dia, válida até junho de 2019. O avião pertence à empresa Mato Grosso do Sul Taxi Aéreo Ltda.

A Aeronáutica informou que a equipe do Seripa 4 (Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes) já saiu de São Paulo rumo ao local do acidente para iniciar as investigações do acidente.
*Do R7, com Rede Record e Estadão Conteúdo

Veja desvenda como Lula escapou de ser apontado chefe do mensalão

lula_veja_370A edição da revista Veja desta semana desvenda como Lula escapou do risco de ser apontado como o chefe do mensalão e de responder a um processo de impeachment durante a CPI dos Correios. 

O sucesso da blindagem ao ex-­presidente não decorreu apenas da capacidade de negociação de seus articuladores políticos. 

O PT negociou o silêncio do empresário Marcos Valério quando ele - às vésperas da conclusão da CPI dos Correios - avisou que acusaria Lula de comandar o mensalão se não recebesse uma ajuda financeira milionária. 

Um empresário amigo foi convocado para pagar a fatura e Valério se recolheu. Lula se livrou da CPI, reelegeu-se em 2006 e foi o efetivo cabo eleitoral de Dilma em 2010. 
Em 2012, Valério contou parte de seus segredos ao Ministério Público, tentando um acordo de delação premiada. Já era tarde. Lula não podia mais ser incluído no processo. O empresário cumpre uma pena de 37 anos de prisão. 

Veja também destaca que durante décadas, alimentos como o ovo foram tratados ora como vilões, ora como mocinhos. Pesquisas recentes põem fim a essa gangorra - a mais conhecida (e condenada) das gorduras não faz mal quando é levada ao organismo por meio da alimentação.

Leia mais em Veja.
*Nominuto.com

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Novo túnel é encontrado em Presídio Regional de Pau dos Ferros



 
Mais um túnel foi encontrado entre as unidades prisionais do Estado. Hoje (21) a cratera localizada foi no Presídio Regional de Pau dos Ferros.

De acordo com a assessoria da Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (Sejuc), a descoberta do túnel ocorreu após um policial militar que realizava a guarda do presídio percebeu que a água que saía do esgoto de uma das celas da unidade prisional estava com a coloração diferente. Os agentes prisionais foram acionados e com a ajuda da Polícia Militar localizaram o túnel, que possuía aproximadamente 10 metros de cumprimento e tinha um metro de profundidade.

Ainda segundo a assessoria, o clima ficou tenso na unidade, pois o túnel era oriundo da cela chamada de “seguro”, local onde ficam os apenados ameaçados de morte por outros presos (estupradores, entre outros problemas com os demais detentos). Além disso, nesta mesma cela alguns apenados vieram de Natal após participação nas rebeliões na Penitenciária Estadual de Alcaçuz.

Apesar do tumulto, a situação já foi controlada e a direção determinou que o túnel fosse imediatamente fechado com concreto. Quinze presos que vieram de Natal estavam no presídio desde a época das rebeliões. A cela do túnel foi isolada e os 27 presos que estavam no local foram remanejados para a cela da triagem.
Fonte: Nominuto.com

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Sucessão na OAB: com apoio de grandes escritórios, nome da advogada Magna Letícia entra na disputa

Seguem as conversas em torno da sucessão na OAB do Rio Grande do Norte.

O atual presidente, Sérgio Freire, não vai para a reeleição.

Em seu lugar, e com apoio de seu grupo, disputa o advogado Paulo Coutinho.

Na oposição, um grupo se une para lançar uma candidatura, e os nomes em pauta são os das advogadas Marisa Almeida e Magna Letícia.

Das duas, a que for escolhida terá o apoio dos advogados Aldo Medeiros, que já disputou uma vez mas está fora este ano, e Artêmio Azevedo, candidato a desembargador, por indicação da OAB no Quinto Constitucional.

Apesar do combinado que a primeira etapa seria para viabilizar uma candidatura, tanto Magna quanto Marisa trabalhariam em nome do grupo.

Porém, Marisa tem se reunido desde dezembro com advogados e posto à mesa o seu nome. Sentindo que seu nome é leve, tanto que, apesar de não ter sido escolhida desembargadora pelo Quinto Constitucional, foi a mais votada, encabeçando lista sêxtupla e depois lista tríplice, Magna Letícia decidiu botar seu nome na rua e tem visitado escritórios.

Magna tem sido vista em conversas com Aldo Medeiros.

E pelo que o Blog apurou, é grande a simpatia de Artêmio por Magna.

Em encontro casual com Magna, a advogada confirmou sua pré-candidatura.
 
“Os advogados que demonstram simpatia pelo meu nome justificam que eu sou uma candidata natural, uma vez que a categoria já depositou confiança em mim por ocasião do Quinto Constitucional. Sendo assim não poderia me furtar de me colocar à disposição da minha categoria nesse momento em que se busca uma mudança à frente da OAB/RN”, declarou Magna Letícia.

 “Esse apoio que tem crescido diariamente e demonstrado em reuniões frequentes com um número cada vez maior de advogados, me deixa muito confiante e segura para enfrentar esse desafio”, acrescentou Magna, que durante o processo do Quinto Constitucional, revelou seu jeito de fazer campanha, tanto que foi para a cabeça da lista.

 “Se deseja mudança e renovação na OAB, eu me proponho a ser o instrumento para a realização dos anseios da classe a qual pertenço”, disse Magna Letícia, advogada há mais de 20 anos.

Vendo o nome da advogada Magna Letícia ganhar a simpatia de grandes escritórios no Estado, pessoas ligadas à advogada Marisa Almeida começam a articular a possibilidade dela se mudar para a chapa da situação, e quem sabe, ser a vice do advogado Paulo Coutinho.

Aí a disputa passaria a ser ferrenha.

De um lado o nome leve de Magna Letícia.

Do outro, Paulo Coutinho  da situação, Marisa ex-oposição, e questões jurídicas que deverão surgir quando a disputa botar pra moer.
Fonte: Thaisa Galvão.

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Água Nova: Más condições de estradas vicinais castigam moradores da zona rural

As dificuldades de locomoção pelas estradas vicinais que cortam o município de Água Nova/RN tem ocasionado muitos transtornos a quem trafega pelas regiões.

As más condições das vias tem interferido diretamente na vida dos moradores da zona rural, que tem enfrentado um verdadeiro calvário para trafegar pelas vicinais.

Sem saber a quem recorrer e em forma de protesto, moradores da zona rural tem buscado nos meios de comunicação locais e as redes sociais, chamar a atenção das autoridades para a situação de penúria e descaso em que se encontram.


As imagens impressionam:










Diferente das demais, a estrada que liga o município de Água Nova à Riacho de Santana está em ótimas condições. O motivo já sabemos...



terça-feira, 19 de maio de 2015

Projeto de Lei: Professor que praticar assédio ideológico nas escolas pode ser preso

Já está em tramitação na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei (PL) 1411/2015, que criminaliza o assédio ideológico no ensino do país. Ou seja, transforma em crime toda prática que condicione o estudante brasileiro a adotar determinado posicionamento politico, partidário, ideológico ou qualquer tipo de constrangimento causado por outrem ao aluno por adotar posicionamento diverso do seu, independente de quem seja o agente.

A proposta partiu do deputado federal Rogério Marinho (PSDB-RN), coordenador da bancada tucana na Comissão de Educação da Câmara, que acusa o PT de utilizar tal prática para promover seu projeto de poder. “A escola e o ambiente acadêmico precisam ser blindados de qualquer assédio ideológico e partidário, um crime covarde. É preciso garantir a liberdade de aprender. Praticar o assédio ideológico, impor a hegemonia, é total desrespeito e afronta ao direito do aprendiz em formar suas convicções a partir de experiências pessoais e baseadas na formação provida pela família e pela religião que adota”, disse o parlamentar.

Com a Lei, expor o estudante ao assédio ideológico, condicionando o aluno a adotar determinado posicionamento político, partidário, ideológico ou constrangê-lo por adotar posicionamento diverso do seu, independente de quem seja o agente, implicará em pena de detenção de três meses a um ano e multa. Se o agente for professor, coordenador, educador, orientador educacional, psicólogo escolar, ou praticar o crime no âmbito de estabelecimento de ensino, público ou privado, a pena poderá ser aumentada em 1/3.

Ainda de acordo com o projeto, caso a prática criminosa resultar em reprovação, diminuição de nota, abandono do curso ou qualquer resultado que afete negativamente a vida acadêmica da vítima, a pena poderá ser aumentada em 1/2. “As instituições de ensino, em sua essência, devem fornecer àqueles que atendem nos seus bancos escolares o amplo acesso ao conh”cimento, incorporando o aprendizado por meio da pluralidade de metodologias, conceitos, concepções e teorias em vigor. Não pode haver a imposição de hegemonia ideológica no verdadeiro ambiente acadêmico e de aprendizagem. A liberdade para aprender pressupõe o acesso a pluralidade”, disse Rogério.
*Heitor Gregório.

Rogério Marinho 2

sábado, 16 de maio de 2015

Beto Rosado e Bolsonaro apresentam projeto para instalação de bloqueadores de celular nos presídios

O deputado federal Beto Rosado (PP-RN) apresentou o projeto de lei Nº 1281/2015, que obriga empresas de telecomunicações a instalar bloqueadores de sinais de celular nos presídios ou centro de detenções com mais de 200 presos em todo o país. A proposta tem como co-autor o deputado Jair Bolsonaro  (PP-RJ) e nasceu de uma conversa de Beto com o secretário estadual de justiça, Edilson França.

“Recentemente, vivemos no estado uma onda de ações criminosas comandadas de dentro para fora dos presídios. Uma das coisas que facilitam essa comunicação a partir das penitenciárias é a falta de bloqueadores de sinais, daí a importância da proposta, que sugere a utilização do Fundo Nacional Antidrogas para ressarcir as despesas que as empresas terão com a instalação dos bloqueadores”, continuou Beto Rosado.

O deputado explicou ainda que algumas legislações estaduais buscaram regular esse tema em regiões diferentes do país, mas as regras são frágeis por falta de uma lei federal.
*Heitor Gregório.

Beto Rosado e Jair Bolsonaro assinam projeto de lei

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Com voz e violão, o cantor e compositor, Olavio Nunes, encerrou a tradicional festa de maio, em Água Nova/RN.


Mesmo diante da ausência de grandes bandas que tradicionalmente animam a festa de Maio, o cantor e compositor, Olavio Nunes, se apresentou na noite desta quarta-feira, 13, na praça publica de Água Nova.

Apelidado pela plateia como o “novo talento da terra”, o cantor parece ainda não se dar conta da repercussão que seu trabalho tem tomado nos últimos dias no município. Tímido, ele encarou o palco, meio que improvisado, de uma forma pouco comum. Ao entrar em cena, o público presente se deparou apenas com Olavio e o seu violão – instrumento único e suficiente para a realização do seu show, repleto de muito romantismo.

Vale salientar que o evento foi realizado pela turma sítio do papai.

Desejamos sorte a Olavio, que promete, em breve, lançar novas musicas para ajudar abrilhantar ainda mais os seus shows.

Rede Oeste Supermercados - Agora de Segunda a Sábado

Receba novidades pelo Facebook

Anuncie no Portal Água Nova News.

Anuncie no Portal Água Nova News.

Matérias Mais Acessadas

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Desenvolvido por Elton Carvalho.